Reunião Gravatá

O seminário que acontece na cidade de Gravatá com todos os secretários e superintendentes do governo Elias Gomes, entra no seu segundo dia. Uso de celular é proibido no local, não sabemos se por motivo de registro de informações secretas ou para não tirar o foco e atenção do seminário, (toques e whatsapp tiram atenção).

Veja como foi o primeiro dia, conforme divulgou a prefeitura de Jaboatão.

Com o tema “O fazer com eficácia e o liderar para incorporar o protagonismo social”, a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes está realizando, até esta sexta-feira (06/02), seminário de planejamento para o biênio 2015/2016. O prefeito do município, Elias Gomes, está à frente do trabalho, que pretende revisar as metas e estabelecer estratégias que ampliem a participação popular nesses dois últimos anos de gestão. O seminário está sendo realizado em Gravatá.

“Estamos fazendo uma avaliação estratégica do momento, levantando as oportunidades e os desafios. Nessa perspectiva, estamos profundando o debate político no âmbito do governo, não na política partidária, mas na política como ferramenta que possibilite que o governo esteja mais próximo da população, que por sua parte passa a compreender as decisões do governo em favor dos que mais necessitam”, explicou Elias Gomes.

O gestor frisou ainda que a ideia é ampliar a participação popular, por exemplo, nas discussões sobre políticas públicas . “Estamos trabalhando para fazer com que a combinação da gestão com o papel de liderança de cada gestor possa nos levar a ser mais eficazes e céleres na entrega das demandas, e a nos comunicarmos de forma adequada com o público interno, de mais de 10 mil colaboradores, e externo, de aproximadamente 700 mil habitantes”, salientou o prefeito.

Para a secretária de Desenvolvimento Social e Mobilização, Conceição Nascimento, a tônica desses dois anos será a participação popular. “Trabalhamos durante estes seis anos para aumentar a participação popular e trazer a comunidade para opinar sobre o destino do nosso município, dos recursos que são aplicados. E agora, além de opinar, queremos que ela participe mais, como participou efetivamente no Programa Comunidade que Faz, colocando a mão na massa e ajudando a construir a cidade. Essa é uma meta para esses próximos dois anos, o protagonismo social”, complementou Conceição.

Já para o vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Heraldo Selva, o encontro é um ‘freio de arrumação’ para fazer a gestão funcionar melhor nesses dois últimos anos. “Esse encontro busca dividir com todos os secretários e superintendentes os objetivos para esse biênio e trabalhar o que podemos fazer para melhorar e integrar toda a equipe em um mesmo objetivo. Foi feito uma pesquisa no passado e a gente sabe o que sociedade mais tem desejado. E essa integração do governo, atrelada à clareza das ações, vão nos ajudar a chegar aos objetivos traçados, a partir da consulta popular, de uma forma cada vez mais eficaz”, finalizou Heraldo.