Ontem (21/05), moradores, comerciantes e vários pré-candidatos a vereador de Jaboatão estiveram no hotel Dorisol, momento em que se reuniram os pré-candidatos a Prefeito de Jaboatão, Pastor Cleiton Collins (PSC), João Fernando Coutinho (PSB), Luiz Carlos Matos (PTB), Fernando Rodovalho (PRTB), Eliezer Costa (PPL) além dos representantes da Associação Comercial de Pernambuco. O prefeito Elias Gomes também foi convidado mas através de sua assessoria de imprensa, se recusou a participar do debate, tendo em vista que só entrará em campanha a partir de julho, após as convenções.

O debate foi muito proveitoso faremos um breve resumo de como foi;

Inicialmente houve um sorteio entre os pré-candidatos para saber a ordem dos discursos, o  primeiro foi João Fernando Coutinho (PSB). Ele que pretende ser prefeito de Jaboatão e poderá contar com o grande apoio do Governador Eduardo Campos que tem mais de 90% de aprovação do seu governo, pelos eleitores de Jaboatão. João deu destaque ao crescimento e desenvolvimento do estado e que o município precisa ter o modelo PSB de governar, destacou algumas grandes obras de relevância feitas pelo estado em Jaboatão e enfatizou que a cidade, ao lado do Governador terá um crescimento e desenvolvimento muito mais acelerado.

Em seguida, foi a vez do Pastor Cleiton Collins (PSC), ele que teve uma votação expressiva, foi o deputado estadual mais bem votado do último pleito e a maioria do seu eleitorado de Jaboatão, também é um forte candidato, ele destacou as deficiências da saúde de Jaboatão e que se prefeito, não fará um governo religioso e sim um governo para todos. Também fez críticas a atual gestão, “esse governo que está aí é maquiador, bom de mídia, sabe fazer o caô, não prioriza as ações, investe onde não se deve investir”, também fez críticas aos milhões que foram gastos com o PE FOLIA de 2011, “não vimos nada de cultura, pelo contrário vimos muita violência”, disse Collins.

O terceiro foi o ex-prefeito Fernando Rodovalho (PRTB), que focou seu discurso dizendo que já chamou várias vezes o atual prefeito para um debate frente a frente e que Elias não tem coragem de enfrenta-lo. Comparou a sua gestão com a de Elias, defendendo as obras de avanço que foram feitas e que seu governo foi muito melhor. Rodovalho foi mais denuncista e não apresentou propostas em seu tempo.

 

 

O quarto foi Luiz Carlos Matos (PTB), ele que é presidente do PTB municipal, ex-vice-prefeito e ex-presidente da Câmara municipal de Jaboatão, atualmente é presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Ipojuca, acreditamos ser o mais conhecedor do município, tem andado por Jaboatão com o projeto Tribuna 14, que visita as comunidades com o intuito de ouvir e debater o problema de cada região, em seu discurso foi altamente propositivo, destacou as propostas se for eleito prefeito. No tocante as indústrias, destacou a criação da Agência de Desenvolvimento Econômico de Jaboatão, “nós vamos compor até dois distritos industriais no município, com o intuito de atrair novos investimentos” disse LCM. Implantar um Centro de Convenções de Jaboatão ao longo da BR 101, que  hoje já se encontra o Fórum, o Ministério Público. Escola em tempo integral, promover cursos profissionalizantes visando as classes estudantis do município, entre outras propostas.

O quinto e último pré-candidato foi o vereador Eliezer Costa (PPL), ele que é o único vereador de oposição do governo de Elias Gomes, conhecido atualmente como o Homem Bomba, por ter apresentado várias denúncias de irregularidades da atual gestão. “O prefeito atual, era pra ele estar preso, pois sou vereador do município e sei o que está acontecendo lá dentro da câmara”, disse Eliezer que apresentou novas denúncias contra o governo tucano.

 

 

No final, foram enviadas várias perguntas dos participantes no auditório, podemos destacar algumas perguntas feitas como a João Fernando, porque o governador ainda não decidiu por sua candidatura a Prefeito de Jaboatão? João respondeu, “o governador está administrando Pernambuco, ele que é presidente nacional do PSB, não decidiu nenhuma candidatura em nenhum município do Brasil, estou seguindo as diretrizes do partido, o PSB vai lançar 1.500 candidatos a prefeito no país”, referindo-se que no momento certo o governador abraçará a sua candidatura.

Pergunta feita ao Pastor Cleiton Collins. O senhor é candidato da oposição, até quando o seu partido irá ocupar cargos no Governo de Elias Gomes? “Nós somos realmente candidatos, dia 04 de junho nós vamos estar exclusivo nas inserções do PSC, irei mostrar a situação de Jaboatão, sou muito grato ao município que me fez o deputado estadual mais bem votado da história, respondeu Collins afirmando que sua candidatura é pra valer, mas não respondeu de fato a pergunta feita.