Cerca de 260 empregados da empresa Via Ambiental Engenharia e Serviços, responsáveis pela limpeza urbana e coleta de lixo no perímetro que vai do bairro do Cavaleiro aos Curados, paralisaram as atividades na manhã desta quinta-feira. Eles denunciam a falta de pagamento de horas extras, do vale transporte, tíquete refeição e das folgas, além de assédio moral por parte de um supervisor da empresa.

Os trabalhadores passaram a manhã de hoje parados na frente da garagem da empresa, localizada na entrada de Monte Verde, logo após a entrada de Cavaleiro. De acordo com o  Sindicato dos Trabalhadores em Asseio e Conservação de Pernambuco (Stealmoaic), uma comissão formada por trabalhadores e representantes do Sindicato foi recebida pelo supervisão da empresa, que solicitou um prazo até o dia três de maio regularizar a situação dos trabalhadores. Caso o acordo não seja cumprido até a data proposta, os trabalhadores prometem uma nova paralisação.

Os serviços foram retomados às 10h40 de hoje. Durante o protesto, foram interrompidos os serviços de coleta domiciliar, varrição, capinação e coleta ensacada, que é realizada nos morros e locais de difícil acesso, onde o caminhão do lixo não entra.

Fonte: Diario de Pernambuco.