verde

Uma tartaruga-verde fêmea foi encontrada já em óbito na praia de Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes, no final da manhã do último sábado (12). O réptil pesava cerca de 100 quilos e media um metro e dez centímetros. Segundo os técnicos da Secretaria de meio ambiente (SEMAG), a tartaruga marinha já estava morta há cerca de quatro dias e os ferimentos não foram ocasionados por atropelamento de embarcações e nem por mordida de tubarão.

A tartaruga foi encontrada por banhistas, que avisaram a Semag e os técnicos foram ao local fazer a remoção do animal. As tartarugas fêmeas vão às praias e desovam em ninhos que elas escavam a noite na areia da praia, depois de alguns dias os filhotes saem e vão em direção ao mar.

Os técnicos da Semag fiscalizam os locais de desova e orientam os banhistas e ambulantes a cooperar com o trabalho ambiental e também fazem um trabalho de conscientização acerca da captura de tartarugas e seus ovos, que é considerado crime. A tartaruga-verde é uma das espécies em extinção, a intervenção humana no meio ambiente é um dos principais motivos para a situação de extinção das tartarugas marinhas.

Fonte: Prefeitura de Jaboatão