Assista a nossa reportagem completa sobre o situação dos agentes de trânsito de Jaboatão, bem como a paralisação da corporação durante o período de carnaval, em virtude do sucateamento promovido pela prefeitura de Jaboatão. 

Jaboatão sem agentes de trânsito durante o carnavalParalisação geral dos agentes de trânsito de Jaboatão dos Guararapes durante o carnaval em virtude do sucateamento da categoria promovido pela prefeitura de Jaboatão.

Publicado por Marlus Costa em Domingo, 7 de fevereiro de 2016

As reivindicações são sempre as mesmas e continuam sem soluções. Viaturas danificadas, faltam coletes, apito, fardamento, bonés, os poucos agentes que estão uniformizados tiveram que comprar o próprio fardamento, a prefeitura não quer pagar o PVJET – Programa Voluntário de Jornada Estendida de Trabalho, que é um incentivo para os trabalhadores receberem um bônus para melhorar o salário, os agentes agora não tem mais local para trabalhar, pois o prédio onde funcionava a sede foi entregue.

Os trabalhadores também reclamam da falta de segurança, pois alguns já foram ameaçados ao exercer as função sem estar uniformizado e devidamente identificado. Eles alegam também que utilizam whatsapp para se comunicarem entre si, quando na verdade eram para ter radiocomunicadores, não tem carteira de identificação, sendo suas identificações a xerox do termo de posse.

Sem o uniforme, um dos agentes chegou a relatar o constrangimento que passou ao realizar uma blitz sendo abordado por policiais do batalhão de trânsito BPTRAN, que desconfiaram da equipe de trânsito.