A retirada da candidatura do Robson Leite à prefeitura de Jaboatão está causando um mal estar entre os pré-candidatos a vereador e a imagem do partido no município. Por meio de uma “Nota à Imprensa”, a executiva municipal do PT de Jaboatão caiu de pau no vereador Robson Leite (PT) por ter usado o nome do partido durante vários meses dizendo que era candidato a prefeito, quando, na verdade estava de olho na reeleição para vereador.

Entenda o caso:

O PT em Jaboatão tem dois vereadores, Robson Leite e Ricardo Valois, ambos considerado bem votados na última eleição. O partido com dois vereadores é praticamente impossível de montar uma boa chapa para disputar as eleições proporcionais, isto porque para um vereador ser eleito, a soma de todos os candidatos, precisa atingir o coeficiente eleitoral para garantir a primeira vaga. Digamos que em 2012 o coeficiente será 13 mil votos, em uma conta grossa, a cada 13 mil votos que o grupo (todos os candidatos a vereador) atingir, junto com a soma dos votos de legenda, o mais bem votado do partido garante a primeira vaga, atingiu 26 mil votos, os dois mais bem votados estão eleitos.

Quando um partido não consegue montar uma boa chapa proporcional, significa que a soma dos votos de todos os candidatos e da legenda, não consegue atingir o coeficiente eleitoral, ou seja, se Robson e Valois tiverem juntos 7 mil votos e os demais candidatos 4 mil votos, não consegue eleger nenhum vereador. Isto é só hipótese para quem não entende de política começar a entender melhor. Por isso um partido em Jaboatão, que tem 2 vereadores dificilmente consegue montar a chapa, pois os candidatos não querem disputar com 2 vereadores de mandato.

No momento em que Robson Leite buscou espaço para a sua candidatura a prefeito, gerou credibilidade e confiança daqueles candidatos se filiaram no PT, pois os candidatos tem o prazo de um ano antes das eleições, está filiados e domiciliados no município em que pretende disputar as eleições.

Até o André Campos abriu espaço para apoiar a candidatura do atual vereador.

Com a sua postura denuncista, Robson Leite, ganhou espaço em todos os meios de comunicação como Jornais, Blogs, programas de rádios, participou de entrevistas em programas de TV, pousou até em outdoors espalhados pela cidade ao lado dos maiores líderes do PT, o que para a sua campanha para vereador estaria cometendo um crime eleitoral, por propaganda antecipada.

O fato é que todos do PT Jaboatão, estão revoltados e já comentam um novo nome para a disputa majoritária, Irmão Jorge PT, este é o nome. Segundo Irmão Jorge, em seu facebook, tem comentado que o Robson Leite está dando uma de vítima, divulgando que foi boicotado  pelos próprios parceiros do partido, diz que tudo já era pré-meditado e que tudo não passou de uma farsa para ganhar a mídia e garantir sua reeleição para vereador.

A última postagem foi a seguinte mensagem.

“Estou chegando de uma reunião da executiva do PT, foi decidido por unanimidade, que o partido não dará legenda ao vereador Robson Leite, e também entrará com pedido de expulsão do mesmo.”

A situação está muito complicada para o vereador, vamos em busca de mais informações para deixa-los sempre bem informados.

Blog do Marlus Costa.