Shopping Outllet

Com investimento de R$ 80 milhões, um novo shopping está chegando na Região Metropolitana do Recife (RMR). Este, porém, é um empreendimento diferente. O Outlet Nordeste (ONE) trará ao estado o modelo de lojas de fábricas internacionais com descontos mínimos de 30%. A proposta, inclusive, já vem obtendo sucesso na capital pernambucana com as inaugurações das unidades outlets da Arezzo, Nike e TNG, abertas nos últimos 12 meses com grande público. O tipo de negócio, porém, não é inédito no Recife, uma vez que a cidade já abrigou o Shopping Outlet em 1997, que fechou as portas em 2008. As marcas deste mall, porém, eram populares e essa é a grande diferença para o novo outlet, que trará lojas de luxo. O ONE começa a ser construído no primeiro semestre de 2015, em Jaboatão dos Guararapes, e deverá ser aberto ao público em meados de 2016.

“Os outlets lançados na década de 1990 faziam parte de um cenário bem diferente, com lojas nacionais comercializando seus produtos de fábrica, com pequenos descontos e competindo diretamente com os shoppings tradicionais. É uma fórmula que não deu certo”, explica o diretor geral da Agência Brasileira de Outlets (About) e fundador do ONE, André Costa. Segundo ele, o novo outlet seguirá à risca o modelo norte-americano que trabalha apenas com marcas famosas brasileiras e internacionais. “Para evitar competir com os centros de compras tradicionais, optamos por construí-lo em Jaboatão, às margens da BR-101, bem no caminho para os destinos do Litoral Sul como Porto de Galinhas”, detalha.

Outra diferença é que o Outlet Nordeste trabalhará com nomes consolidados entre os consumidores das classes A e B como a Nike, Adidas, Levi’s, Calvin Klein, Benetton, Richards, Carmen Steffens, Capodarte e Polo Wear . “Iremos oferecer mais de 100 marcas com descontos de até 80%. No contrato, o desconto mínimo é 30%. Portanto, as promoções serão reais e constantes, o que atenderá tanto aos consumidores que já compram esses produtos quanto àqueles que querem entrar no mercado do luxo”, afirma Costa. O mall também seguirá o estilo dos outlets norte-americanos na arquitetura, com um pavimento térreo único que ocupará 17 mil metros quadrados. “O ONE terá uma área verde ao redor e dentro do shopping, estacionamento com 1,4 mil vagas totalmente gratuito e cada loja custará até 50% mais barato tanto na operação quanto na manutenção em relação a um shopping tradicional.”

Para Sidnei Abreu, diretor executivo da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX), o novo shopping deverá contribuir para o aquecimento do setor varejista em Pernambuco. “Quem sai ganhando é o consumidor, que terá mais uma opção de compras. Além disso, os shoppings tradicionais terão que se esforçar para conquistar novos clientes “, opina.

Fonte: Diario de Pernambuco.