Enquanto isso, no Diário de Pernambuco de hoje.

As comemorações para o Dia Internacional da Mulher serão marcadas por protestos e reinvidicações em Jaboatão dos Guararapes. Amanhã, a partir das 8h30, aproximadamente 200 mulheres se reunirão em frente ao Shopping Yapotan Center, na Rua Bernardo Vieira de Melo, 14, em Jaboatão Centro, para exigir investimentos na saúde da mulher, ato do projeto Jaboatão Quer Ter Seus Filhos.

Com aproximadamente 700 mil habitantes, Jaboatão sofre pela inexistência de maternidades municipais. Apenas no Hospital Geral de Prazeres, 28 leitos atendem as necessidades específicas das parturientes. A situação se refletiu no último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com os dados coletados, 67% das crianças de Jaboatão não nasceram na cidade. Ainda de acordo com a pesquisa, dos 700 mil habitantes da cidade, 370 mil são do sexo feminino.

O grupo seguirá em passeata até a Avenida General Rabelo, onde anteriormente havia a única maternidade da cidade. Lá, serão distribuídas rosas e panfletos de conscientização da sociedade.