Lembram que em setembro do ano passado, quando a prefeitura de Jaboatão realizou o PE Folia, os moradores da orla de Piedade entraram com uma ação no Ministério Público de Pernambuco para tentar barrar o evento? Na ocasião, os moradores disseram que eventos como o PE Folia trariam transtornos, tais como, como trânsito caótico, falta de segurança, pertubação do sossego, impedimento dos moradores de entrarem e saírem de suas residências, etc.

Na época, o Ministério Público entrou na briga e foi feito um acordo entre moradores e prefeitura. Pelo acordo, o PE Folia seria o último evento realizado na orla. Outras festas de fora do calendário oficial, só em locais específicos, como clubes e arenas montados, sem atrapalhar a ordem pública, bem longe da orla de Piedade.

Pois bem… parece que a prefeitura de Jaboatão esqueceu do acordo e resolveu fazer a semana pré-carnavalesca no mesmo lugar do PE Folia, deixando os moradores irritados com o descumprimento do acordo.

Os moradores se organizaram e, através da Associação dos Moradores da Orla de Piedade e Candeias (Ama Orla), entraram com uma nova ação para tentar barrar a semana pré de Jaboatão. De acordo com o presidente da associação, Lúcio Lins Júnior, no acordo assinado pela promotora Isabela Bandeira, a prefeitura só poderia realizar no local festas de calendário. A Ama Orla denuncia que as festas da semana pré-canavalesca, marcadas para começar na próxima terça-feira, estariam descumprindo o acordo, uma vez que o carnaval só começa oficialmente no sábado de Zé Pereira (18/02).

Fonte: publicado no blogdalagoaolhodagua.