O governador Paulo Câmara anunciou investimentos para Jaboatão dos Guararapes durante a comemoração de aniversário de 424 anos da cidade, que ocorreu ontem no Centro Cultural Miguel Arraes de Alencar, no bairro de Prazeres.

Câmara assinou ordens para o início das obras da primeira etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES), a cessão do terreno onde se encontra o Centro Cultural para a prefeitura e a recuperação do talude da chamada Curva do Caranguejo, um trecho da PE-007 conhecido pelo alto número de acidentes gaves.

As obras do sistema de esgotamento devem recuperar três quilômetros de rede coletora que já existem e estabelecer um complexo de coleta de esgoto de 61 quilômetros, equipado com cinco estações elevatórias, uma torre de carga e uma estação de tratamento. Somado a isso, serão desativadas duas pequenas unidades de tratamento em funcionamento hoje. Os conjuntos habitacionais que são atendidos pelas unidades passarão a integrar, definitivamente, o sistema de saneamento global da Compesa. A obra terá um custo de R$ 85 milhões e deve beneficiar 55 mil habitantes dos bairros de Piedade, Candeias e Barra de Jangada.

O Centro Cultural foi iniciado ainda no mandato do ex-governador Eduardo Campos, em memória ao também ex-governador Miguel Arraes. A cessão à Prefeitura de Jaboatão terá a vigência de 20 anos. O espaço possui um local reservado para uma exposição permanente de parte do acervo do líder político que dá nome ao equipamento. O espaço será voltado para atividades esportivas e culturais.

A obra na PE-007 terá um investimento da ordem de R$ 975 mil e consistirá na construção de um muro de arrimo para evitar que acidentes aconteçam no local.

Paulo Câmara destacou a importância de ações para beneficiar a população através de parcerias com a prefeitura da cidade. “O povo de Jaboatão é guerreiro, trabalhador, que com certeza quer de nós, governantes, nada mais, nada menos que serviços públicos que funcionem, que cheguem a todos”, afirmou.

O prefeito também enalteceu a força do povo jaboatanense e aproveitou para cobrar do governador apoio para a construção da Maternidade Rita Barradas. “Vou precisar da sua ajuda, governador, para tirar do papel um dos nossos maiores compromissos, que é entregar à população a Maternidade Rita Barradas, para que o nosso município possa voltar a contar com um equipamento de inestimável importância”, ressaltou Anderson, ao lembrar que “as parcerias irão continuar”.