Itaú interditado

No total, desde janeiro, já foram cinco interdições de agências do Itaú. A da Estrada da Batalha, interditada nesta quarta (04.06), é reincidente. Dívida já passa de R$ 1 milhão.

O Procon Jaboatão interditou, na tarde desta quarta (04/6), pela segunda vez em menos de um mês, a agência do banco Itaú localizada na Estrada da Batalha, em Prazeres. O banco possui quatro agências em todo o município e, delas, três já sofreram interdições este ano. A anterior foi a da Praça do Rosário, Jaboatão Centro, no dia 14 de maio. 

Mais uma vez, a ação desta quarta foi provocada por inúmeras denúncias levadas ao Procon. Foram realizadas duas vistorias e constatadas irregularidades no cumprimento da Lei 395/2010, a Lei das Filas. Após cinco interdições, no ano, a multa do banco chega a mais de R$ 1 milhão. O Itaú tem 30 dias para quitar a multa e dez dias para recorrer da decisão junto ao órgão.

Com a não quitação das últimas quatro multas de interdição, o Procon encaminhou ofício à Procuradoria Geral de Jaboatão para inclusão da quantia na dívida ativo do município. Assim, a dívida será cobrada por execução judicial. Segundo a Secretária Executiva de Defesa do Consumidor, Débora Albuquerque, o banco Itaú precisa investir na abertura de novos caixas para atender as demandas da população.

“Para conseguir se enquadrar na Lei das Filas, o banco precisa investir em um maior número de caixas, assim, será respeitado o direito dos consumidores”, enfatizou.

O aposentado Deleuze Marinho, 57 anos, morador do bairro da Muribeca, estava na agência no momento da interdição e elogiou a medida. “Já cheguei a passar quatro horas para ser atendido. Esperar na fila é um sofrimento, e olhe que sou deficiente”, afirmou.

Foto: Valter Andrade.