Paulo-Câmara-e-Geraldo1

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, pediu que o PSDB e o DEM devolvessem os cargos ocupados no estado. Enquanto o DEM ocupava a Lafepe, o PSDB a secretaria de Trabalho, Jucepe e Porto do Recife.

Confira a nota na íntegra;

 

“O PSDB e o DEM contribuíram para a vitória da Frente Popular nas eleições de 2014 e também na gestão do Governo de Pernambuco nos últimos dezessete meses. No entanto, ambos partidos decidiram seguir projetos políticos e de governo divergentes da Frente Popular. Diante desse novo cenário político e entendendo que a gestão do Recife tem sido inovadora, inclusiva e participativa, decidi que a composição do Governo deve refletir o compromisso da Frente Popular com a continuidade desse projeto.”

Paulo Câmara
Governador do Estado de Pernambuco

Com o rompimento anunciado entre PSDB e PSB, o cenário político de Jaboatão volta a ficar mais difícil para Elias eleger o sucessor que poderá perder as eleições já no primeiro turno, pois as últimas pesquisas internas realizadas por partidos que disputam a majoritária no município, mostraram a candidata de Elias e ex-mulher, Conceição, com apenas 2%, e neste curto espaço de tempo seria muito difícil de reverter este quadro. Segundo soube desta pesquisa, Neco aparecia com 13,2 %, Edmar de Oliveira com 6% e Cleiton Collins com 22%.

Este segundo governo de Elias foi um dos piores de todos os tempos, para os servidores foi o pior e muito ruim para a saúde. A gestão gasta milhões com publicidade, propaganda e carro de som, mas deixa todos os postos de saúde faltando medicamentos básicos para a população.

Tudo isso e muito mais, fará com que Elias sofra uma das piores derrotas de todos os tempos, e será de Lá e lô. É lá no Cabo e em Jaboatão.