Os funcionários do Hospital Getúlio Vargas paralisaram os trabalhos nesta segunda-feira (08/09), por tempo indeterminado. Eles reclamam da falta de estrutura do hospital. Na semana passada o bloco cirúrgico foi interditado depois que parte do forro do teto desabou, sendo a gota d’água para vários problemas existentes no prédio.

De acordo com o sindicato da categoria, a paralisação não se trata de uma greve, mas os funcionários não querem entrar no bloco G que é o prédio cirúrgico do hospital. São pelo menos 600 funcionários que trabalham lá.

O sindicato já fez o pedido ao Ministério Público Federal e o Ministério Público do Trabalho para que interditem o prédio, para que os serviços de atendimento à população só voltem a funcionar, após a reforma completa da estrutura.

Veja a matéria exibida no Bom Dia Pernambuco aqui