Livros

O estudante da Escola Estadual Edmur Arlindo de Oliveira, Jailton da Silva, no Curado, flagrou uma cena curiosa, onde funcionários da instituição de ensino jogavam no caminhão do lixo, vários livros em bom estado de leitura. O vídeo foi parar na internet e repercutiu de forma desastrosa para o gestor da unidade de ensino. Veja abaixo.

Em nota à imprensa, a Secretaria de Educação e Esportes do Estado, respondeu ao acontecido e garantiu que abrirá um processo administrativo contra os responsáveis da ação.

Em resposta ao vídeo que está sendo veiculado nas redes sociais sobre o descarte de livros na Escola Estadual Edmur Arlindo de Oliveira, no Curado, a Secretaria de Educação e Esportes do Estado garante que os gestores das escolas da rede de ensino são orientados a encaminharem os livros, em vigência ou não, que não estão em uso nas unidades às Gerências Regionais de Educação (GRE), responsáveis por providenciar o seu remanejamento. A secretaria está apurando os fatos para que seja aberto um processo administrativo contra o responsável pela ação que é completamente contraria as orientações repassadas aos gestores e pode, se confirmada, ser caracterizada inclusive como crime ao patrimônio público.