Os alunos da escola municipal Poeta Castro Alves, participaram da Sessão Solene em Homenagem e Defesa à Vida, que aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores de Jaboatão, na última quarta-feira (24/10), requerida pelo vereador Marlus Costa. 

O Ato, marca o mês de outubro por ter instituído no calendário oficial do município, o dia 08 de outubro como o dia Municipal do Nascituro, através da lei 1375/2018, também de autoria do parlamentar, que defende a vida desde a concepção até a morte natural.

Durante a solenidade, muita emoção tomou conta do público presente. Foram abordados aspectos, jurídicos, psicológicos, emocionais, saúde da mulher e consequência com o aborto.

Estiveram presentes, representantes do movimento Brasil Sem Aborto, Natureza Humana, Casa da Gestante, ONG Siri Eco, Ong Jesus é Meu Guia, Grupo Chama, secretaria de Educação e Saúde do município, advogados e militantes pró-vida independente. Representando a igreja católica, esteve presente o Chanceler da AOR e pároco da paróquia Nossa Senhora das Candeias, Padre Cícero.

“O objetivo desta ação é promover uma ampla discussão sobre a questão da vida, em contraponto aos que defendem a morte de bebês inocentes e sem defesa que se encontram no ventre da mãe. Acreditamos que os debates sobre o assunto são fundamentais para que as mulheres entendam as terríveis consequências do aborto para a criança, para ela própria e para as famílias”, contou o vereador.

Segundo Igor Cadena, Gerente de Direitos Humanos da prefeitura de Jaboatão, o município participará das políticas públicas de acordo com os artigos contidos na lei. As escolas estarão abertas para receber os palestrantes pró-vida. A ideia é que todos os anos os trabalhos sejam realizados sobre a conscientização e defesa da vida.

Vereador Marlus Costa – Autor da lei
Sumaya – Advogada Pró-vida
Aline Pedrosa – Professora e Bióloga
Casa da Gestante
Irapona – Brasil Sem Aborto
Mariana – Advogada Pró-vida