(Saiu no Gazeta Nossa em 16/05).
Agora o Conjunto Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes, está sofrendo com a falta de água. Segundo o Conselho dos Moradores e Associação Comunitária de Muribeca, o problema se arrasta há 9 dias, apesar dos constantes contatos com a Compesa.

Em diversos contatos com a COMPESA o Conselho dos Moradores e Associação Comunitária de Muribeca não tem uma posição por parte da COMPESA para o retorno do abastecimento de água no Conjunto Muribeca. As explicações, segundo o Conselho, são diversas: troca de ventosas, correção de vazamentos, serviços de interligações são algumas das explicações, mas água que é bom, nada. No dia 8 de maio a empresa teria dado um prazo máximo de 48 horas para conclusão dos trabalhos, mas até hoje, tarde do dia 16, o abastecimento ainda não foi restabelecido.
Um agravante que estranha e preocupa os moradores do Conjunto Muribeca é que apesar de não ter água nas torneiras, dia 16 o precioso líquido vazava da caixa d’água em direção ao córrego lateral, sendo desperdiçada. Ao procurarem o operador, o mesmo não foi encontrado no local. Ao ligar para 0800 081 0195, segundo representantes do Conselho, foram informados pelas atendentes que o abastecimento estaria normalizado.
O Conselho de Moradores e Associação Comunitária de Muribeca agora quer que alguém da COMPESA e da Agência Reguladora, a ARPE, expliquem este verdadeiro despreparo gerencial.

Audiência pública
O Conselho de Moradores e Associação Comunitária de Muribeca tem audiência marcada pelo Ministério Público para este dia 22, onde estarão frente a frente com a Compesa para esclarecimento de outra injustiça cometida da empresa. Segundo o Ministério Público, sob a alegação de fraude e furto de água, a empresa promove “rateios” onde cidadãos inocentes tem de pagar pelo que não fizeram e pela água que nção consumiram.