Desarme-se

Posto itinerante para recolhimento de armas funcionará inicialmente em Cavaleiro,  entre os dias 28 e 30 deste mês.
Mais uma campanha será realizada em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana, para incentivar o desarmamento, numa parceria entre a Polícia Militar e a Prefeitura. A primeira localidade a receber o Posto de Coleta Itinerante (PCI) será o bairro de Cavaleiro, nos dias dias 28, 29 e 30 deste mês – quarta, quinta e sexta da semana que vem -, na Praça Murilo Braga. Já no período de 4 a 6 de fevereiro, o posto funcionará próximo ao Mercado das Mangueiras, em Prazeres. Nos dois casos, os atendimentos ocorrerão das 8h às 17h.

Além do PCI, as armas poderão ser entregues no Quartel da Polícia Militar, na delegacia da Polícia Federal (PF) ou da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Para isso, é necessário retirar uma guia para transportar os objetos, pelo site www.entreguesuaarma.gov.br ou no próprio carro itinerante. Com a documentação, o cidadão poderá se locomover de maneira legal e segura. A identificação de quem for entregar as armas não é obrigatória.

“Essa ação será mais uma forma de reforçar a integração entre os órgãos de defesa Municipal e Estadual para reduzir os índices de violência. Iniciativa que se completa com um conjunto de ações que estão sendo realizadas pela Prefeitura, por meio do Programa Jaboatão em Ordem”,  afirmou o secretário de Ordem Pública e Segurança Cidadã do Jaboatão dos Guararapes, Elmo Freitas.

A campanha de desarmamento será realizada pela Polícia Militar, com o apoio da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes.

INDENIZAÇÃO

As armas que forem recolhidas serão encaminhadas ao Exército para o descarte total. No ato da entrega, o cidadão cadastrará uma senha e receberá um protocolo do Banco do Brasil, com validade de 30 dias. A indenização pela entrega da arma estará disponível para saque até 48 horas após a entrega. O valor ficará entre R$ 150 e R$ 450, conforme a arma de fogo. As munições devem ser levadas separadamente, mas não serão indenizadas.

Imagem: Internet
Fonte: Prefeitura de Jaboatão