Netinho Bomba

Na minha juventude curti muito o cantor baiano Netinho na avenida Boa Viagem, na época do Recifolia, minha mãe onde ia, levava os filhos juntos, então tive a oportunidade de viver esta época.

Na foto acima, do lado esquerdo, o cantor Netinho está muito forte, foi tirada na semana pré carnavalesca de Jaboatão dos Guararapes, em fevereiro de 2012. Em 2013, repentinamente ele ficou tão doente que chegou a passar meses internado no Hospital Sírio Libanês em São Paulo. Segundo relatos do cantor, ele chegou perto da morte. Seu peso era de 82 kg e emagreceu 32kg, ficou praticamente couro e osso, chegou a ficar 2 meses sem tomar água, só hidratava através de sondas.

Netinho sofreu muito, em entrevista no programa De frente com Gabi  exibida no dia 23 de fevereiro de 2014, ele não conteve as lágrimas todas as vezes que tentava falar dos piores dias de sua vida em uma cama de hospital, ele não conseguia descrever e vai tentar escrever um livro para expor toda sua dor. O cantor baiano confessou que tomou anabolizantes adquiridos com um médico em São Paulo. Os anabolizantes causaram vários problemas de saúde chegando a ter uma infecção generalizada.

Abaixo segue a entrevista completa no programa De frente com Gabi.


Do G1.

Tive trombose no braço e na perna, que ficaram enormes. Eu tive que sair de 82 kg e chegar a 50 kg no hospital. Taparam os espelhos todos para eu não me ver porque estava seco. Fiquei dois meses sem beber água. Não bebia água. Eu [estava] com uma sonda que ia por aqui [nariz] até o estômago e me alimentava com isso”, revela o cantor.  “Sequei e no dia que fui fazer exercícios físicos no hospital fui de cadeira de rodas, passei por um banheiro e me vi no espelho. Foi o maior susto da minha vida porque eu não tinha carne, era só pele e osso. O olho fundo, escuro”, acrescenta.

Netinho também mandou um recado para os jovens que fazem usos de anabolizantes. “Eu quero dizer a todo jovem que malha, que faz academia e que às vezes não tem nem noção do que é anabolizante e toma, que pare de tomar, não vai fazer nenhum bem a você. Você quer ficar forte, mas quem gostar de você por ser forte, esse gostar não vai durar, porque isso não dura a vida inteira. Tem que gostar de você pelo que é, pelo que você pensa, pelo que representa. Então não tome porque isso não presta, mata aos poucos. E quem pensa que o efeito negativo é imediato, não é. Pode vir na semana seguinte, um ano depois ou 40 anos depois”, disse.

Carnaval e verão é a época onde os jovens procuram mais as academias em busca do corpo perfeito. Malhar é saudável, mas o uso de anabolizantes não. Compartilhem esta matéria com seus amigos!

Leia também:

O risco da sua imagem divulgada nas redes sociais.

Um dos resgates mais emocionantes que já vi.