Beatriz Beatriz2 Beatriz3 Beatriz4

Beatriz Vital, de 15 anos, foi vista pela última vez com o namorado na Praia de Gaibu, há três meses.

As lágrimas de Maria Selma Vital mostram a dor de uma mãe que está há três meses sem notícias da filha. Beatriz Vital, de 15 anos, mãe de um bebê com nove meses, foi vista pela última vez com o namorado e foram a praia de Gaibu. Após o passeio, não se tem mais notícias da adolescente. Nesta sexta-feira (25/04), a Prefeitura Jaboatão dos Guararapes promoveu um ato, no Curado IV, com amigos e familiares da vítima para pedir celeridade no caso.

“Só queremos justiça e encontrar a minha filha. É uma dor muito grande sem saber o que pode está acontecendo com ela. Só a quero de volta”, disse a mãe, emocionada. Durante a passeata, que percorreu pelo bairro onde Beatriz mora, os participantes levaram cartazes e fotos. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia de Prevenção aos Crimes contra Crianças e Adolescentes de Jaboatão dos Guararapes.

“Realizamos essa manifestação hoje, porque completa exatamente três meses de seu desaparecimento. Todos estão unidos nesta causa para que a justiça possa avançar nas investigações e saber do paradeiro de Beatriz. Além disso, estaremos procurando a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Pernambuco e a Ordem Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para colaborarem neste caso”, explicou a secretária Executiva da Mulher, Ana Selma.

De acordo com a gestora, os familiares de Beatriz estão sendo acompanhados pelo Centro Maristela Just, unidade que trabalha para coibir e acolher vítimas que tiveram seus direitos violados. Para a tia da vítima, Inês Gomes da Silva, o momento também é de manter a esperança viva. “Todos nós estamos preocupados pelo seu desaparecimento, mas com a ajuda que estamos recebendo, temos a esperança que ela seja encontrada e volte para sua casa”, disse.